33/pt-br:33

From Battlestar Wiki, the free, open content Battlestar Galactica encyclopedia and episode guide
< 33

Visão Geral

    Prosseguindo com os eventos da Minisérie, a Galactica e a Frota devem evitar seus perseguidores Cylons, que lhes emboscam a cada 33 minutos depois de cada salto bem sucedido.

Resumo

Na Galactica

  • A tripulação da battlestar Galactica está em alerta contínuo há 130.35 horas, tempo durante o qual a Frota teve que executar um salto FTL a cada 33 minutos para escapar de seus perseguidores Cylons logo após sua fuga inicial do Ancoradouro Ragnar.
  • Todos na Frota começam a sentir a pressão – particularmente Gaius Baltar, que também é perturbado pelas repetidas conversas com a Seis a respeito de Deus ter um plano traçado para ele, e também por sua vontade de ter um filho com ele.
  • As naves na Frota começam a sentir a tensão: Motores de salto e seus computadores de controle começam a parar de operar ou apresentar mau funcionamento, exigindo que a Galactica permaneça cada vez mais tempo na linha de fogo dos Cylons enquanto o resto da frota completa seus saltos.
  • Depois do salto nº 237, a Presidente Roslin recebe comunicado de um certo Dr. Amorak a bordo da Olympic Carrier a respeito de informações sobre como os Cylons sobrepujaram as defesas coloniais.
  • Ouvindo por acaso a conversa, Baltar fica preocupado: ele conhecia Amorak no Ministério da Defesa. Como a Seis ressalta, Amorak pode ter informação a respeito da cumplicidade de Baltar no ataque Cylon.
  • Não há tempo suficiente antes do próximo salto para trazer Amorak a bordo da Colonial One, mas Roslin quer vê-lo diretamente após o salto ter sido completado.
  • Anastasia Dualla encontra tempo para visitar um grupo de pessoas que está catalogando sobreviventes na Frota. Depois de não poder deixar suas fotos para ajudar na busca por seus entes queridos, ela se espanta ao ver um corredor que foi convertido em um memorial provisório.